Post Duplo: Guardiões da Galáxia


Oi, pessoal! Hoje falaremos sobre um filme que nos surpreendeu bastante. Guardiões da Galáxia, que é mais um filme desse maravilhoso universo que a Marvel está criando com vários dos seus personagens que eles tem direitos cinematográficos (e que são muitos). O filme é surpreendente por ser SUPER ORIGINAL (claro que tem bastante cenas de ação, romance e blábláblá, mas ele superou tudo: desde trilhas sonoras, personagens, cenas, vilões fdm... tudo) e, claro, que tínhamos que resenhar para vocês. 


A história começa no ano de 1988, mais precisamente com Peter Quill (garotinho) sendo abduzido. Após 25 anos, ele ganha uma reputação sendo um Saqueador muito famoso, mas pouco lembrado pelo seu codinome "Star Lorde". Um Saqueador que trabalha roubando peças bastante valiosas (ou não valiosas assim) de diversos planetas e, dentro dos pedidos que ele tem, ele deve roubar uma esfera. Mas acontece que essa esfera não é qualquer espera, é uma esfera capaz de destruir tudo e todos, por isso que Ronan, um vilão muito do poderoso, quer pegá-la... Para causar revolta em tudo, porque vilões sempre fazem isso. Então Peter (agora adulto, porque né) percebe que não pode simplesmente entregar essa esfera pra qualquer um, mas meio universo está atrás desse objeto e, Rocket (um guaxinim tiririca) e Groot (a árvore humanoide que todos amam) não querem perder a chance de prender Peter e ganhar um bom dinheiro. Então quando Peter chega em Xandar (um planeta tipo a Terra do futuro), Rocket e Groot tentam prendê-lo, mas eles não esta sozinhos, pois Gamora (aliada de Ronan) também quer a esfera. Mas eles são presos, arrumam encrenca, conhecem Drax (um lutador de UFC azul vingativo e fortão) e, depois de muitas cenas legais, eles conseguem fugir e descobrem que a esfera é muito mais do que eles imaginam e agora, devem proteger a esfera para não destruir toda a galáxia.



(UAU) Que filme show de bola. Na verdade, ele encanta muito já no começo, com as músicas maravilhosas e ganhou o público ai. "I Want You Back", "Cherry Bomb", "Ain't no Mountain High Enough", foram alguns dos hits dos anos 70 que estavam presentes no filme, tocadas pela (inseparável) fita cassete de Peter chamada 
Awesome mix vol. 1. Os efeitos especiais do filme (principalmente em 3D) foram de tirar o chapéu. Me encantei bastante com as cenas onde envolviam a galáxia no fundo, parecia que era real, e o Groot que com toda certeza se tornou personagem preferido de todos. Ele tem realmente espírito de herói, de apoiar (do jeito dele) a equipe nos momentos difíceis, de sacrifício, de lutar e de fazer piada (porque não?!) junto com o Rocket. Aliás, Rocket, deixo o Erick escrever (que eu sei que ele vai dedicar, no mínimo, 2 parágrafos) e gostei da Gamora e das suas roupas (sou mulher, não pude deixar de notar) e gostei muito do Peter, acima de tudo de ter fé e perseverança do jeito dele, porque sair de procurado para herói não é pra qualquer um.




Em suma, o filme foi incrível do começo ao fim (literalmente) e eu me apaixonei pelos personagens. Quem puder assistir... Recomendo! Não vai te desapontar, tenho quase certeza. E prepare o coração para rir, quase chorar, morrer de fofura, ação, imagens lindas, mais ação, vilão sendo mau, mais ação, um romance de leve e união (aliás, tiro o chapéu para a Tropa Nova, exemplo de união ) ! 


Se tem uma coisa que não podemos negar é o quão destemida a Marvel é, por que pegar um time de heróis basicamente desconhecidos para o grande público e investir dessa forma afirmando, antes mesmo da sua estreia, que o longa seria um sucesso e já anunciando a sequência sem nem ao menos saber se o público iria gostar ou não, simplesmente por que eles tinham certeza que o filme seria um estouro de bilheteria, só tendo bastante "culhões", principalmente pelo fato de que o publico está cada vez mais exigente. E pelo menos eu queria um filme tão bom quanto o sensacional "Capitão América 2- O Soldado Invernal", e meus caros devo confessar que "Guardiões da Galáxia", na minha humilde opinião, conseguiu superar.



O grande mérito de "Guardiões da Galáxia" talvez, tenha sido sair do obvio, pode-se dizer que é o filme de super-heróis mais original dos últimos anos. Não temos mais a Terra (ou Asgard se levarmos em conta o horrível Thor 2 ) como palco central e dessa vez somos jogados em algo muito mais grandioso, o espaço, mas um espaço com um visual completamente colorido e um tanto cafona, porém que não deixa de ser muito bonito. A direção de arte é tão bem feita, tão "perfeccionista" que muitas vezes eu me pegava prestando atenção em um pequeno detalhe do cenário invés de prestar atenção no que estava acontecendo no primeiro plano e em  3D XD ou  IMAX a experiencia de "viver" aquele universo é muito mais grandiosa.


Outro fator que também prova a "Coragem" da Marvel a trazer os "Guardiões da Galaxia" para as telas do cinema é que depois de vários filmes de heróis que tentavam ao máximo se manter preso na realidade e muitas vezes sombrio (como o incrível Batman: O Cavaleiro das Trevas) fazer um universo um tanto "fantasioso" poderia ser um tiro no pé, mas o enredo é tão bem elaborado e os diálogos são tão desenvolvidos que em momento algum há algum tipo de estranhamento.



Diferente de "Os Vingadores", onde se você perguntar pra uma pessoa qual seu personagem favorito é muito mais provável que ela responda Homem de Ferro do que o Gavião Arqueiro, isso por que mesmo sendo um filme de equipe há personagens que se destacam mais que outros, em "Guardiões da Galaxia" se você fizer a mesma pergunta há bem mais possibilidades de respostas diferentes, por mais que Star Lorde seja o protagonista desse longa, todos os outros membros da equipe tem tanto espaço na trama quanto ele.



Meus personagens favoritos sem sombras de duvidas foram os parceiros Groot e Rocket Racoon, a parceria deles me lembrou muito a de R2D2 e C-PRO, na verdade o filme todo tem essa vibe meio "Star Wars", não que seja uma copia, "Guardiões da Galaxia" usa esses elementos de Star Wars mais como uma referencia criativa, como disse o filme é muito original.

E o que falar dessa trilha sonora que eu "mal conheço e já considero pacas". O mais bacana que as musicas da trilha alem de servir de ajuda nas cenas, elas também tinham total importância no desenrolar da historia, como a Alexsandra disse, Peter foi abduzido com o seu walkman e um mixtape com várias musica de sucesso dos anos 80 e nós expectadores, as escutamos junto dele, e devo confessar que quase todas as cenas que havia uma musica lá estava eu cantarolando, com perigo de ser linchado pelo resto do cinema (HAHA). Só queria dizer que estou atras de um fone de ouvido que dure tanto quanto o fone de ouvido do Peter.

Como podem perceber, tanto eu quanto a Alexsandra adoramos esse filme, vale muito a pena assistir essa "Turma do barulho, aprontando altas confusões no espaço sideral".
Share on Google Plus

About Alexsandra Ferreira

Alexsandra tem 20 anos, virginiana e universitária, que ama filmes, música e compras, além de desenhar nas horas vagas e cantar (tentar). Quer fazer Ciências Contábeis após a Pós-Graduação e quem sabe, vários cursos voltados para web design, que tem tudo a ver (haha sqn). Sonha conhecer o mundo todo (seja pelos livros ou não), mas parte dele também vale.

1 comentários:

  1. Cara, esse filme está demais! Ainda não tive tempo de ir ao cinema, estou na dúvida de qual assistir primeiro entre Guardiões da Galáxia ou Tartarugas Ninjas! Dúvida cruel, adoro os personagens da Marvel desde criancinha! Sempre lia os quadrinhos dos super-heróis, e não mudei nada nos dias de hoje! rs Parabéns pelo blog!
    Já estou seguindo, se puder me siga!

    Maykon
    prasonharecontar.blogspot.com.br

    ResponderExcluir