Quem sabe um dia - Lauren Graham



Oi, gente! Tudo bom?

Comprei esse livro na Bienal do Livro no ano passado e estava super animada com ele pois vi algumas blogueiras com ele e fiquei xonada pela capa... Assim, às vezes eu cometo umas loucuras de comprar livros pela capa, e sei que não é legal isso, me apaixono e não resisto. Não sei dizer o que acontece, mas algo dentro de mim tem um imã e me leva para esses livros... Agora que eu já desabafei, vim aqui hoje (nesse humilde brogui) para fazer resenha (uhuuuu!!) do livro "Quem sabe um dia", da Lauren Graham. Se você achou esse nome familiar, sim, ela é a Lorelai de Gilmore Girls e também fez vários filmes (como A Volta do Todo Poderoso que eu amo ) e esse livro é a sua primeira obra literária.



O livro se passa na década de 90 e conta a história de Franny Banks, uma mulher que se mudou para New York para viver seu sonho: ser uma atriz e conseguir fazer papeis importantes. Estipulou que ficaria 3 anos em NY e, se ela não conseguisse realizá-lo, voltaria para casa. Acontece que só faltam 6 meses para o prazo final dela encerrar e tudo que ela conseguiu foi fazer um comercial de suéteres natalinos e um emprego de garçonete em um clube de comédia que é de fato o seu sustento. Nesse enredo do prazo quase acabando, seu pai querendo que ela volte, o ex-namorado que ela deixou na outra cidade a esperando e ela só conta com o apoio das duas pessoas que dividem o apartamento com ela, Jane - melhor amiga - e Dan - que vive na dele e adora ficção científica (temos algo em comum haha) mas só o apoio deles não é o suficiente para ela provar que todos estavam errados e de que ela não fez uma burrada ao seu mudar para NY. 





O livro em si é muito legal, tem uma história cativante e mostra bem a rotina da Franny e sua luta para conseguir espaço em uma cidade que, digamos, não é para qualquer pessoa. O mais legal é que em algumas páginas temos a ilustração da agenda dela e eu percebi que a agenda diz muito sobre uma pessoa (haha), até olhei a minha aqui por um momento, e como ela tenta e se esforça para conseguir realizar o seu sonho. A única parte negativa é que a leitura às vezes se prendia a detalhes que não eram necessários, então você acaba se cansando. Outra coisa também é que a Lauren tem uma escrita um pouco cansada, sabe? Eu sou daquelas que gosta de um livro com história, com uma leitura leve, tipo João Verde, Meg Cabot... Mas em muitos momentos ela cansava o parágrafo e você meio que não sabia mais o que era importante naquela história. 




Por ser sua primeira obra e tudo mais, eu gostei do livro. Colocando na balança o positivo e o negativo, vale a pena ler se você gosta um pouco desse tipo de leitura. Recomendo, principalmente, para as pessoas que querem entrar nesse mundo da arte. Ah! E a diagramação é incrível, Galera Record sempre impecável com suas publicações (e agora percebi que tenho mais livros da Galera do que das outras editoras hehe). 


Deixem nos comentários (sem spoilers) se vocês leram esse livro ou se tem vontade de ler e quais livros vocês gostaram de ler esse mês! Adianto que já estou terminando de ler o meu segundo livro da tag e estou orgulhosa de mim mesma hehe. Logo, logo tem resenha aqui no DV ^^

Beijocas, obrigada pelo carinho! :)

P.S: Curta a fan page do blog (clicando aqui) e também nos acompanhem no twitter!


Livro: Quem sabe um dia.
Autora: Lauren Graham.
ISBN: 978-85-01-40447-3.
Páginas: 365.
Nota: ♥ ♥ ♥
Share on Google Plus

About Alexsandra Ferreira

Alexsandra tem 20 anos, virginiana e universitária, que ama filmes, música e compras, além de desenhar nas horas vagas e cantar (tentar). Quer fazer Ciências Contábeis após a Pós-Graduação e quem sabe, vários cursos voltados para web design, que tem tudo a ver (haha sqn). Sonha conhecer o mundo todo (seja pelos livros ou não), mas parte dele também vale.

0 comentários:

Postar um comentário