The Flash - Análise da 1ª Temporada



Posso confessar uma coisa? Acredita que eu já deixei de sair para ficar atualizando série? hahaha. Gente, nunca fui dessas de viciar em série, na verdade, nunca fui e achava que essa coisa de ficar viciada em assistir série era coisa de quem não tinha o que fazer (!). Isso mudou há 2 anos quando eu comecei a acompanhar TBBT e vi que quando eu não conseguia assistir os episódios e eles começavam a se acumularem eu entrava em desespero! Sou virgiana, perfeccionista e chata então imagina como deve ser o meu controle, certo? Para vocês terem uma ideia eu tenho um app e um caderno só pra eu ficar antenada nos episódios que lançaram e quantos faltam para e ficar atualizada com aquela série.Sei que não sou a única maluca (né, Erick?) de querer assistir mil séries, viciar nas mil e não ter tempo para tudo isso hehe. Desabafos à parte, hoje estou aqui, na humildade, para contar sobre a minha "análise" dessa série que eu considero pacas. ENJOY!



A série foi lançada no final de 2014 e conta a história de Barry Allen, um perito (?) da cidade de Central City que têm sua vida transformada após o acidente com um acelerador de partículas da S.T.A.R Labs, onde ele ganha o poder de velocidade ao ser atingido por um raio. Vendo essa sua mudança, ele tenta usar seus poderes para achar outros "meta humanos" como ele e também procura o assassino de sua mãe, quando ele ainda era pequeno, pois seu pai foi considerado culpado por tal crime e ele quer justiça. Para conseguir tudo isso ele tem a ajuda do laboratório que originou o poder (S.T.A.R Labs) para que ele possa entender o seu super poder e também contar com o suporte do laboratório para ajudar as outras pessoas e prender os vilões com poderes também com a ajuda do Dr. Harrison  Wells, Caitlin e o Cisco.


A série é bastante fiel à história do personagem e ela prende bastante o telespectador por ser bem dinâmica e jovem também, no sentido de não cansar a gente por envolver casos de polícia, ação e tudo isso. O Barry (interpretado genialmente pelo Grant Gustin) ele é cômico na hora certa, têm seus picos sérios e o personagem cresce conforme a série vai andando. Outro personagem incrível que merece destaque é o Cisco. Cisco é um engenheiro mecânico muito inteligente e engraçado pois ele é criador da maioria dos nomes dos super vilões, além de inventar utensílios super poderosos e também o próprio uniforme do Barry. Nas HQ's, Cisco é Vibro, um super herói capaz de criar ondas de vibração destrutivas e isso fica no ar para a segunda temporada.


Temos também a Caitlin Snow (Nevasca) que também trabalha na S.T.A.R e junto com Cisco e Dr. Harrison, ajuda o Barry (Flash) a caçar e prender os vilões. Caitlin é séria, lógica e sofre com a morte do seu noivo no acidente do acelerador. Por último mais não menos importante temos Harrison Wells, criador do acelerador de partículas e também o grande mentor da S.T.A.R. No decorrer da série a gente vai conhecendo mais sobre o personagem e também sobre seus segredos.

A série é muito incrível e não é à toa que ganhou destaque e a confirmação da segunda temporada. Você não consegue deixar de assistir pois cada episódio é uma coisa nova, uma descoberta nova sobre o assassinato da mãe do Barry e também dos vilões atingidos pelo acelerador. Temos ação, comédia (na medida certa), romance (vale colocar aqui que a única personagem que me incomoda é a Iris e acho que a maioria sente o mesmo) e eles tiveram a ideia maravilinda de "mesclar" um pouco com Arrow (vulgo Arqueiro Verde) pois as histórias meio que se encontram.



Só digo uma coisa: aproveita que a segunda temporada ainda não começou e corre para assistir a primeira!! 
Share on Google Plus

About Alexsandra Ferreira

Alexsandra tem 20 anos, virginiana e universitária, que ama filmes, música e compras, além de desenhar nas horas vagas e cantar (tentar). Quer fazer Ciências Contábeis após a Pós-Graduação e quem sabe, vários cursos voltados para web design, que tem tudo a ver (haha sqn). Sonha conhecer o mundo todo (seja pelos livros ou não), mas parte dele também vale.

0 comentários:

Postar um comentário