Top10 Séries: As 10 Melhores Estreias de 2015



Feliz 2016 pessoal! Estamos um pouco sumidos nas ultimas semanas, mas agora que já acabou a correria de final de ano, voltamos com força total. E pra não acabar com a tradição esse mês teremos alguns post com os melhores de 2015. E já que esse ano não foi lá um ano muito bom para leituras, já que li pouquíssimos livros, resolvi então fazer dois posts sobre séries, esse primeiro, como vocês leram no título é sobre as melhores séries que estrearam em 2015. Então vamos lá:



10 - Scream



Scream é uma série que até hoje não sei dizer muito bem o que acho, pois ela tem vários aspectos que eu não gosto como: um monte de clichês, atuações bem “meia-boca”, tramas paralelas sem importância,  uma protagonista extremamente irritante e tirando uns 2 personagens o resto era tudo meio superficial. Só que o mistério principal, pra entender quem era o assassino e as motivações me deixaram viciado nessa desgraça de série, a metalinguagem utilizada na série, as referencias a franquia de filmes, tudo isso era muito divertido e no fim e basicamente esse é o principal objetivo de uma série: entreter seu público e Scream fez isso muito bem.

09 - Supergirl


Supergirl foi uma surpresa pra mim, assisti o piloto e ele me pareceu extremamente parecido com aquela parodia que o Saturday Night Alive fez do trailer do filme da Viúva Negra. Só que com o decorrer dos episódios, eu acabei entrando cada vez mais nesse universo. É super interessante ver o desenvolvimento da Kara como heroína e também como pessoa, embora tenha super poderes, ela é uma garota com problemas normais, que tem que se ver a sombra do seu primo, o Super Man. Os personagens secundários são extremamente importantes, principalmente sua chefe Cat Grant, que no começo parecia ser uma especie de Miranda Priestly (de O Diabo Veste Prada), mas é uma personagem muito interessante que acaba muitas vezes servindo de mentora para Kara. E embora a série ainda não esteja nem perto de ser excelente, ela tem um futuro promissor.

08 - Crazy Ex-Girlfriend


Uma das maiores surpresas pra mim esse ano, já que eu não esperava nada dela. Crazy Ex-Girlfriend é uma comedia romântica e musical, mas não se enganem ela é um das séries mais originais que eu lembro de ter visto. Bem resumidamente, a série conta a historia de uma advogada infeliz que está prestes a receber uma promoção no escritório onde trabalha, porém ela encontra seu grande amor da adolescência pelas ruas de Nova York que diz a ela que está voltando para sua cidade natal no interior da Califórnia. Ela então resolve recusar a promoção de emprego e se mudar também para essa cidadezinha para ver se conquista o seu amor. Parece ser meia zoada, mas ela é extremamente engraçada, é uma série que pega todos aqueles clichês que estamos cansados de ver em comedias românticas e tira sarro deles. Alem dos clipes musicais que são todos extremamente hilários.

07 - Empire


O que falar dessa série que mal estreou e eu já amo pacas.Empire É um drama musical e foi a grande aposta da Fox depois do fim de Glee, mas não se enganem a pegada aqui é totalmente diferente, ela  é aquele tipico novelão cheio de cliffhangers e plot-twist que todo mundo ama, mas tem vergonha de admitir. E quando digo novelão, é novelão mesmo, a trama conta a historia de Lucious Lyon, dono da Empire uma das maiores gravadoras do mundo, que descobre ter uma doença terminal, por conta disso ele tem que eleger um dos seus três filhos para ser o novo presidente da Gravadora, só que nenhum deles está preparado para assumir o império. Ao mesmo tempo, Cookie, a ex-esposa dele que estava a 17 anos presa, sai da cadeia querendo a parte dela da fatia desse bolo milionário. É impossível não viciar nessa série, todos os personagens são ótimos, nenhum é totalmente vilão, ou totalmente bonzinho, as musicas são excelentes e as atuações primorosas. Além de ser uma série para todos os gostos já que dosa muito bem os momentos de ação, drama, romance e comédia.

06 - Wayward Pines


Wayward Pines é aquele tipo de série pra quem gosta de um bom misterio e de ficar criando teorias Ela é baseada no primeiro livro da Trilogia Pines, De Black Crouch e vai nos apresentar Ethan Burke ( um agente do Serviço Secreto que tentando encontrar dois agentes desaparecidos chega a Wayward Pines, uma pequena comunidade de Idaho onde nem tudo é o que parece ser. Ethan se envolve em um acidente de carro e é levado ao hospital. Ao acordar, descobre ter perdido seus documentos, seu celular e a pasta que continha arquivos importantes. Embora bem tratado, Ethan desconfia que algo estranho está acontecendo ali. Suas tentativas de ligar para sua esposa e seu filho são frustradas e ninguém parece acreditar que ele seja quem diz ser. Para piorar, a cidade está protegida por cerca elétrica que impede qualquer pessoa de entrar ou sair. A principio era para ser só uma minissérie, mas mês passado foi confirmado que ela terá uma segunda temporada, não tenho muita certeza se vai ser uma boa ideia, já que o final embora tenha sido um pouco frustrante foi bem amarrado.

05 - Unbreakable Kimmy Schmidt


A mais nova criação da dupla dinâmica Tina Fey e Robert Carlock (Criadores de 30 Rock”) para a Netflix é uma das comedias mais nonsense e divertidas que eu lembro de ter visto. A série narra a historia de Kimmy (Ellie Kemper) que após viver quinze anos aprisionada em um culto é resgatada e decide recomeçar a vida na cidade de Nova York. Munida de uma mochila, tênis de luzinhas e livros atrasados da biblioteca, ela se depara com um mundo que achava que nem existia mais. Ingênua porém resiliente, a ex-reclusa não deixará que nada atrapalhe seu caminho e não demora a encontrar um emprego (trabalhando para Jane Krakowski, de 30 Rock), alguém para dividir um apartamento (Tituss Burgess, 30 Rock) e uma nova vida. Unbreakable Kimmy Schmidt tem uma das melhores aberturas ever e possui uma das protagonistas mais carismáticas dos últimos tempos, o único problema mesmo é que ela só tem uma temporada com 13 episódios com aproximadamente 20 minutos cada, que terminam em um piscar de olhos.

04- Sense8



Também conhecida como "A Série mais de humanas de todos os tempos", Sense8 é a primeira série de TV criada pelos irmãos Watchosky (os criadores de Matrix) e uma das grandes produções que a Netflix trouxe nesse ano de 2015. Pelos trailers aparentemente seria uma série sci-fi, mas ela se mostrou muito mais que isso, com uma mitologia super interessante, mas que provavelmente será melhor abordada nas próximas temporadas, Sense8 é uma serie muito mais focada nas relações humanas do que no sci-fi em si, o que acabou a tornando muito mais interessante. Embora no inicio tenha um ritmo um tanto lento, no decorrer dos episódios você acaba criando uma afeição pelos personagens e por conta disso ela acaba te prendendo de uma forma que normalmente série mais lentas não fazem. Toda a produção é impecável, ainda mais por ser filmada em oito locações diferentes e as atuações dos oito protagonistas varia entre bom e excelente o que a fez ser quase uma obra de arte.

03 -Jessica Jones


A mais recente parceria da Marvel com a Netflix veio com um peso enorme nas costas de ser tão boa ou melhor que Demolidor e devo dizer que ela cumpriu o prometido. Diferente de todas as outras séries de super-herói que estamos acostumados, embora seja uma série com temas pesados e sombrios Jessica Jones  trás um lado mais humano e sensível para o vasto Universo da Marvel. Aqui não temos uma heroína querendo salvar o mundo e sim uma personagem claramente traumatizada pelas diversas formas de abuso que sofreu na mão do Killgrave, alem de trazer a tona diversas discussões como o emponderamento feminino, traumas, abuso, preconceito e etc. Com personagens extremamente bem desenvolvidos, atuações fantástica e o melhor pior vilão da Marvel (na minha opinião). Jessica Jones veio como um reforço de peso para as séries de heróis.

02 - Demolidor


Outra parceria da Marvel com a Netflix, não sabíamos muito bem o que esperar, já que a única referencia que tínhamos do Demolidor nas telas era aquele filme com o Ben Affleck, e não é lá uma boa lembrança. Mas coisa ruim não podia sair das mãos dessa parceria e em Abril testemunhamos essa obra prima que foi Demolidor. Embora tenha uma narrativa pesada, densa e até arrastada, com personagens muito bem desenvolvidos e um vilão que ao mesmo tempo você odeia e sente pena. Demolidor conseguiu ser uma série muito viciante e que elevou o nível de séries de hérois a outro patamar. Além de mudar a imagem da Marvel de que só tem produções “engraçadinhas”.

01 - Mr. Robot



Falei na analise sobre a primeira temporada que Mr. Robot era até então a melhor série de 2015 e volto aqui só para confirmar isso, o ano acabou e não teve nenhuma série que conseguiu chegar no mesmo nível de Mr. Robot. Diferente de tudo aquilo que eu já assisti nesses meus poucos anos de seriador Mr. Robot pode não ter uma historia lá muito original, mas a forma com que ela é contada do ponto de vista de um cara cheio dos problemas mentais é excepcional. Com um roteiro que te prende desde o episodio piloto, que alias foi uma dos melhores pilotos que já assisti. A serie é um show de atuação. Rami Malik consegue passar toda a nuances que Elliot sofre em sua personalidade. Todos os personagens são extremamente importantes para o desenvolvimento da historia e além disso tudo a série tem uma direção de arte extremamente bem feita, com quadros que incomodam e dão a sensação de que nem tudo que você vê ao centro é importante. Por isso e por vários outros motivos Mr, Robot é a melhor estreia desse ano (pra mim é claro).


Menção Honrosa - Ash vs Evil Dead



Dia 31 de Outubro estreou essa delicia de série, mas que infelizmente só consegui ver uns 3 episódios, Ash vs Evil Dead é continuação da trilogia de filmes Evil Dead, mas com uma pegada bem mais voltada para os Slashs Movies. Com um humor negro e o horror muito bem dosados, a série conseguiu me prender já nos primeiros minutos do episodio piloto. Ela só não entrou na lista, pois como assisti só alguns poucos episódios, não podia ter certeza se a qualidade iria se manter, mas acho bastante provável que sim. Podem ter certeza que assim que terminar a temporada vai ter resenha aqui pra vocês.

Bom pessoal, essa foi a nossa primeira lista. Contem ai nos comentários quais foram as suas preferidas e aguardem que nos próximos dias teremos mais um post com as séries que já estavam passando e que voltaram em 2015 para novas temporadas.














Share on Google Plus

About Erick Sant Ana

22 anos, também conhecido como o terror das Coca-Colas alheias, hiperativo e desatento é mestre na arte de esbarrar derrubar e quebrar coisas. Leitor compulsivo e portador da doença "não dormi direito, pois estava assistindo séries". A frase que você mais vai ouvi-lo dizer é "To com fome" e tem o péssimo hábito de falar de si mesmo na 3ª pessoa.

5 comentários:

  1. Sense8 é a série que comecei assistir e to amando!

    Participe do sorteio de livro no blog: http://goo.gl/i03FzM

    http://blogexplicita.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Mas, gente, como assim eu não conhecia a maioria das séries aqui?? hahaha
    Já vi um episódio aleatório de Empire e achei bem legal, espero conseguir ver ainda nessas férias, assim como Sense8 e Jessica Jones. Unbreakable Kimmy Schmidt eu vi os primeiros episódios e não me senti "presa" na série, acabei abandonando, mas com o pensamento de que, talvez, um dia eu volte a ver haha
    Beijos
    www.vidaemmarte.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu também não conhecia a maioria das séries kk mas super recomendo Jessica Jones, terminei a série em 1 dia além de ter se tornado a minha série favorita

      Excluir
  3. Oi, Erick! Tudo bem? Ah, adorei seu TOP 10! ADORO "Scream", "Jessica Jones", "Sense8" e "Demolidor"! <3 E ah, estou super querendo ver "Supergirl"! :)

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Erick, tudo bem?

    Bom, eu não assisti a maioria das séries que você citou. Eu tenho até uma vontadezinha de assistir Scream, mas é da MTV né...temo a qualidade! hahahah

    Assisti apenas os dois primeiros episódios de Supergirl e gostei, só não continuei pq já assisto séries demais, mas ela tá na lista de séries para serem assistidas! Quando uma série que eu assisto acaba eu pego uma da lista! hahahah
    Outra que tenho vontade de assistir é Sense8, parece ser ótima!

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir