Scream - Análise 2ª Temporada



Eu prometi que não faria essa crítica aqui no blog, mas sou daquele tipo de pessoa que não se aguenta, até porque fiz uma análise da primeira temporada incrível aqui no blog (que você pode conferir aqui) com direito a Dumbledore comemorando junto comigo porque eu realmente gostei bastante da primeira temporada e, espera pelo menos algo no nível dela, mas eu infelizmente não curti e estou aqui para desabafar. Aviso que esse post CONTÉM SPOILERS e que SE VOCÊ NÃO ASSISTIU A PRIMEIRA TEMPORADA, assista e depois volte aqui para gente conversar, ok?




Primeiro de tudo, queria dizer que a segunda temporada até começou bem, se passam alguns meses desde o acontecimento do último episódio e os sobreviventes voltam para as suas rotinas, principalmente Emma, que ficou em uma clínica se tratando do choque. Tudo parece bem tranquilo, até tudo começar outra vez... o assassino da primeira temporada tinha um cúmplice e ele agora quer vingança por terem matado. Não sei se vocês sabem, mas toda a série é inspirada na franquia de Pânico, então são várias referências dos quatro filmes. Nessa temporada os sobreviventes se deparam novamente com os massacres e também começam a procurar pistas sobre o cúmplice do assassino (que todos nós sabemos que era a Piper) e qual a relação dele com ela e o motivo para tudo isso, claro entre uma morte e outra. Vários personagens novos surgem e tudo o que a gente conhece da série volta a aparecer, minha raiva pela Emma só aumentou nessa temporada e ainda não me conformo com ela sendo a principal da série, mas enfim, Audrey se enfia numa enrascada que ela mesmo deixou ficar pior e o Noah foca para descobrir quem é o cúmplice da Piper, coisa que ele já tinha dito lá na primeira temporada e que ninguém levou a sério (lembra que a Piper estava com o Will quando o assassino apareceu? Pois é).

No final, a série enrola a gente muito parecido com Pretty Little Liars, jogando pistas sem sentido e os personagens jogando a culpa no primeiro suspeito que aparecer, sem raciocinar. No último episódio, e derradeiro, tivemos 40 minutos de muita enrolação e 5 minutos para descobrirmos o que já estava na cara: Kieran era o assassino. O namorado da Emma (que também era namorado da Piper antes) que teve um motivo tosco e que me fez odiar o episódio e a temporada inteira. Vou dizer que gostei de duas coisas desse episódio: a atuação do Amadeus que foi sensacional quando a Emma descobre que é ele e as cenas do Noah e da Brooke, que são meus personagens favoritos. A Audrey foi sensacional principalmente no final. Depois da enrolação toda, de saberem o motivo do Kieran matar todo mundo, ele vai preso e descobrimos que existe outro Ghostface, deixando a brecha para o especial de Halloween que a série vai ter em Outubro e zZzZz... Todo mundo já está esperando a volta do Brandon James mas eu não vou ficar fazendo teorias porque né, cansa rs.



Enfim, eu queria muito ter adorado como muita gente adorou, mas em suma achei essa temporada muito, mais muito abaixo mesmo do que eu esperava, tinha muito o que desenvolver e eu acho que não souberam aproveitar. Foi o que eu achei. Mas assim, vou aguardar esse especial de Halloween para ver o que eles vão fazer, mas já risquei Scream da minha lista, se tiver uma terceira temporada nessa enrolação, não vou assistir, o que é uma pena porque eu amo a franquia Pânico.

O que vocês acharam da segunda temporada?
Share on Google Plus

About Alexsandra Ferreira

Alexsandra tem 20 anos, virginiana e universitária, que ama filmes, música e compras, além de desenhar nas horas vagas e cantar (tentar). Quer fazer Ciências Contábeis após a Pós-Graduação e quem sabe, vários cursos voltados para web design, que tem tudo a ver (haha sqn). Sonha conhecer o mundo todo (seja pelos livros ou não), mas parte dele também vale.

0 comentários:

Postar um comentário