Crítica: Vikings



Mais uma série aqui no blog para vocês, mais uma série riscada das séries que eu queria muito começar em 2017 e que foi mencionada no post Séries que eu quero começar em 2017 e já dando um spoiler do que eu achei da primeira temporada de Vikings, é uma série incrível que todo mundo precisa assistir. Na verdade, eu vi que várias pessoas das minhas redes sociais acompanham Vikings e eu já estava extremamente cansada de ver todos comentando sobre ela sem eu estar a par dessa situação, haha! Então, depois de ver uma blogueira que eu acompanho fazer uma baita propaganda da série, percebi que era um sinal e fui correndo para Netflix assistir e resolvi indicar para vocês também! Dentro das séries que eu quis começar em 2017, eu já resenhei aqui no blog duas (The OA, Travelers) das cinco séries então acho que até o final do ano, vocês terão muitas análises e indicações legais para acompanhar aqui!



Vikings é uma série lançada em 2013 que conta a história de Ragnar Lothbrok, um guerreiro explorador que é o melhor daquele reino. Ragnar tem o desejo de explorar terras novas, terras que ele têm total certeza que são ricas, porém o rei daquela "tribo" não aceita que Ragnar vá contra as suas ordens, já que os barcos e todos os utensílios que os guerreiros utilizam são dados pelo rei. Com tudo isso, o rei Earl começa a ficar de olho nele e, mesmo assim, Ragnar (as escondidas) começa a fazer um barco com a ajuda de Floki, seu fiel amigo, e consegue também vários guerreiros que acreditam em Ragnar e nessas novas terras, dentre esses guerreiros também está Rollo, o irmão de Ragnar que é apaixonado pela esposa do irmão, Lagertha, que também é uma ótima guerreira. Então, Ragnar e os guerreiros que se fidelizaram à ele, parte em busca das terras. Uma coisa importante a ser dita aqui também é que Ragnar acredita ser descendente direto de Odin, deus da guerra, e ele têm visões, previsões e acredita que Odin o ajuda nessas descobertas e que é por conta disso que ele é um excelente guerreiro, se tornando muito conhecido não só na sua tribo.



Durante a primeira temporada, os nórdicos partem para várias terras distintas e, no decorrer da série, Ragnar passa por várias provações enquanto está explorando e também quando retorna para a aldeia, fazendo o rei chegar em uma situação extrema de combate direto com Ragnar. Embora a série seja inspirada nas histórias reais da vida dele, todos os personagens são igualmente explorados e, vou destacar aqui, minha personagem favorita que é a Lagertha, mulher de Ragnar. Lagertha é uma mulher extremamente forte, habilidosa e que, acima de tudo, preza pela sua família (Ragnar e ela tem um casal de filhos) e por isso ela acaba partindo com Ragnar em algumas dessas várias explorações, sendo uma pessoa chave para a possível ascensão de poder do Ragnar.



A série é muito bem produzida e cada episódio é uma nova surpresa e também deixa claro o que podemos esperar de Ragnar nas temporadas seguintes, já que seu maior desejo é explorar o mundo e ir além das fronteiras. Uma coisa que eu fiquei extremamente impressionada foi a forma como eles pesquisaram a fundo os nórdicos, desde vestimentas, religião, comportamentos, tudo isso foi trabalhado de maneira fenomenal e te faz viajar no tempo para aquela época. É uma série forte então espere muitas batalhas, sangues e várias buscas pelo poder, de diversas formas e se você é fã da mitologia nórdica, essa série é um prato cheio para você aprender mais sobre os deuses e como eles eram cultuados. A primeira temporada têm nove episódios e ela está disponível na Netflix (as 4 temporadas estão disponíveis, na verdade). Vikings é uma ótima pedida para quem não dispensa uma história forte, tanto mitológica como humana, cheia de batalhas e também com atuações brilhantes de personagens fortes, principalmente as personagens femininas.



O que acharam da indicação?  Quem ai está acompanhando Vikings? Quero saber tudo sobre o que vocês estão da série e, se quiserem, também deixem nos comentários séries que vocês estão adorando no momento, fechado?


Share on Google Plus

About Alexsandra Ferreira

Alexsandra tem 20 anos, virginiana e universitária, que ama filmes, música e compras, além de desenhar nas horas vagas e cantar (tentar). Quer fazer Ciências Contábeis após a Pós-Graduação e quem sabe, vários cursos voltados para web design, que tem tudo a ver (haha sqn). Sonha conhecer o mundo todo (seja pelos livros ou não), mas parte dele também vale.

0 comentários:

Postar um comentário