Playlist: Who Run The World? Girls!



Já que estamos na Semana Internacional da Mulher, nada mais justo que dedicar uma playlist inteirinha para gente, certo? Cada vez mais vemos mulheres ao redor do mundo lutando pelos seus direitos. No mundo da música não é muito diferente, já que desde muito tempo vemos artistas que são exemplos de força e superação... Nina Simone, Aretha Franklin, Clarice Falcão, Beyoncé, Pitty, Lady Gaga... são só alguns nomes que usaram e usam seu nome e seu engajamento para mostrar que nós podemos sim transformar esse mundo ainda, infelizmente, tão desigual. Por isso fizemos uma playlist especial com os hinos dessas mulheres que usam sua voz para mudar o mundo.


Beyoncé - Flawless: Podemos resumir em uma frase da Chimamanda Ngozi Adichie que a Beyoncé sempre recita: "Feminista: uma pessoa que acredita na igualdade social, política e econômica entre os sexos".




Aretha Franklin - Respect: Essa música foi escrita por um homem na forma de pedir o respeito e reconhecimento de uma mulher, porém Aretha acabou invertendo os papéis e usou essa música como um movimento feminista (já em 1967) e essa música é usada até hoje para pedir algo que todos os homens deveriam ter e que não precisaríamos nunca pedir: RESPEITO.




Christina Aguilera - Can't  Hold Us Down: Christina dá uma resposta bem dada para todos os homens que não respeitam as mulheres e mais que isso, ela junta um exército de mulheres para mostrar que eles nunca vão nos controlar. NUNCA!


Pitty: Desconstruindo Amelia: Desigualdade, submissão... Pitty deixa aqui uma infeliz realidade de muitas mulheres: ser a dona da casa, a única que cuida dos filhos, que faz a comida e serve também, que dificilmente consegue trabalhar e, quando consegue, recebe menos que o marido/ namorado... Mas a Pitty mostra que nós mulheres somos mais que isso, que podemos sim cuidar da família, mas que também podemos nos cuidar, sair, criar novos caminhos, trabalhar e receber igualmente por isso (já que somos tão capazes quanto). 

“nem serva, nem objeto, já não quer ser o outro, hoje ela é um também”




Share on Google Plus

About Alexsandra Ferreira

Alexsandra tem 20 anos, virginiana e universitária, que ama filmes, música e compras, além de desenhar nas horas vagas e cantar (tentar). Quer fazer Ciências Contábeis após a Pós-Graduação e quem sabe, vários cursos voltados para web design, que tem tudo a ver (haha sqn). Sonha conhecer o mundo todo (seja pelos livros ou não), mas parte dele também vale.

0 comentários:

Postar um comentário