Review: Chewing Gum


Eu não sei vocês, mas eu amo fazer minhas refeições assistindo algum episódio de série. Tudo bem que se eu pudesse eu faria tudo assistindo série, mas vamos para o que interessa. Eu sempre estou á procura de uma boa comédia, por ter episódios mais curtos e não necessitarem do mesmo nível de atenção que um drama, por exemplo, e serem mais fáceis de assistir. Eis que, em uma de minhas buscas, eu encontro Chewing Gum.



A série vem com aquele lindo ‘’Netflix’’ escrito nela, o que já nos deixa maluco pra ver. E foi o que fiz sem um pingo de arrependimento.
Eu fui assistindo um episódio atrás do outro e terminei a temporada em 1 dia, mas poxa @Netflix, só 6 episódios é mancada. Ela é uma série super descompromissada e original, aos moldes de Unbreakable Kimmy Schmidt (que também tem lugar em meu coração), onde tudo é possível e muito louco e amamos cada minuto.



Ela se passa em Londres (com um sotaque também peculiar) e conta a história de Tracey Gordon (interpretada pela maravilhosa Michaela Coel), que é uma jovem cristã, de criação bastante religiosa que vive com sua mãe Joy (Shola Adewusi) e sua irmã Cynthia (Susan Wokoma), e que decide que chegou a hora de perder a virgindade com seu noivo Ronald (John McMillan), esse parece estar sempre disposto a se manter longe dela até o casamento. Na série também temos Candice (Danielle Walters) e sua avó sem pudores Esther (Maggie Steed) que são mais experientes e dão conselhos para Tracey além de Connor Jones (Robert Lonsdale) um poeta sem rumo que se interessa por Tracey.



Eu já assisti a segunda temporada e é muito bom ver uma sitcom com uma história tão gostosa e uma protagonista tão única como Chewing Gum. A trama segue um curso, não parece ser aquele tipo de história perdida que só quer fazer palhaçada e, sua protagonista (enaltecendo mesmo, pois rolou amor à primeira vista) pode ser ingênua, mas tem uma opinião muito forte e é muito corajosa para se meter nas confusões que se mete.
Tudo na série parece leve e natural, porém com altas doses de absurdos deliciosos.



A série é original Netflix, está em sua segunda temporada e já foi premiada pela Royal Television Society Awards e pela British Academy Television Awards.


Share on Google Plus

About Thiago de Souza Oliveira

0 comentários:

Postar um comentário